O que você acha da minha ideia de indicar algum som que curto em cada postagem do Cotidiano Cego?

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

CARDÁPIO, INTERNET E ACESSIBILIDADE

Faaaaaaaaaaaaala galera!

Vocês devem estar se perguntando: o que tem a ver esse título?

Garanto que não é uma receita de salada e, ao ler a postagem, vocês entenderão o que quero dizer.

É muito comum chegarmos a um bar, lanchonete ou restaurante e não termos acesso ao cardápio.

Embora exista uma lei abusiva em São Paulo que tenta obrigar os estabelecimentos a terem cardápio em Braille, qualquer pessoa de bom senso sabe que isso é inviável.

O custo para produção dos mesmos é muito alto e, o mesmo gasto terá que ser efetuado a cada atualização que esse cardápio sofrer.

Mas, há uma luz no fim do túnel! Claro que nós, cegos, não vemos a luz, mas.... kkkkk.

O advento da tecnologia, computador Internet, smartphones, trouxe uma alternativa muito mais barata, através de um recurso que alguns estabelecimentos já utilizam. Cardápio online!

Muitos estabelecimentos já disponibilizam seu cardápio na internet.

Que tal se ele for acessível?

certamente, os donos de estabelecimentos vão perguntar: tornar meu cardápio online acessível. Quanto eu vou gastar a mais com isso?
Resposta: Absolutamente nada!

Isso mesmo. O custo já existente para colocar seu cardápio na Internet pode já deixar ele acessível, dependendo de como for elaborado.

Você pode promover inclusão e acessibilidade com um cardápio que já usa.

Quais são as vantagens?

1. Mobilidade
Não é necessário estar no estabelecimento para ler seu cardápio, permitindo escolher seu pedido no caminho, ou até mesmo antes de sair de casa, chegando ao estabelecimento já sabendo o que quer.
2. Praticidade.
Pra que ler todo o cardápio se já podemos ir direto na parte que nos interessa?

E antes que surja o argumento:
"Mas isso não será acessível a todos os cegos!

vou te responder: O braille também não é.

Pode parecer estranho, mas muitos cegos não sabem Braille. Principalmente os não congênitos.

Alguns, não aprendem por já serem alfabetizados. Outros, desistem do Braille com o tempo, pelo seguinte motivo:

Existe uma comissão que, para mostrar serviço, de tempos em tempos resolve modificar a grafia de alguns símbolos do sistema, como os de pontuação e os matemáticos.

Olha! aprender e reaprender a mesma coisa dá no saco!

Tal comissão ainda se diz organizadora do Braille.

Não estou, de forma alguma, defendendo a extinção do Braille. Afinal ele tem sua importância, como por exemplo, na alfabetização da criança cega.

Agora, vamos aplicá-lo onde é viável, né?

segue abaixo alguns lugares que eu frequento e que ao ler seus cardápios na Internet, descobri que são acessíveis:

http://www.linssushi.com.br

http://www.makisplace.com.br http://www.makisplace.com.br

Tem também os sites delivery:

http://www.ifood.com.br

http://www.restauranteweb.com.br

www.pedidosja.com.br

Opa... Já tava esquecendo de um restaurante que eu fui e é muito bom!

http://www.rotadoacaraje.com.br

O leitor que souber de outro restaurante com cardápio acessível, compartilhe nos comentários!

2 comentários:

Rodrigo K (Mais do Mesmo) disse...

Olá André, tudo bem?

Me chamo Rodrigo e sou de uma startup chamada Carddi.

O seu texto me chamou muita atenção, nós oferecemos o serviço de disponibilizar as informações dos estabelecimentos, bem como cardápios, na internet, facebook e smartphones.

Desde o início nos preocupamos em fazer nosso aplicativos para smartphones acessíveis para que nossos clientes, os restaurantes, possam oferecer este serviço de forma fácil.

Mas ainda não temos uma pessoa com deficiência visual que possa nos ajudar dizendo se o que estamos fazendo está bom ou não.

Gostaria de nos ajudar?

Abraços.

André Carioca disse...

Olá Rodrigo!

Claro que eu gostaria de ajudar!

Qualquer coisa, pode me contactar pelo e-mail:

andre.carioca@gmail.com

Quanto aos aplicativos, também posso te ajudar nos desenvolvidos para Android e, quanto ao IOS, posso indicar pessoas para isso.

E, parabéns pela iniciativa de procurar desenvolver aplicativos acessíveis!