O que você acha da minha ideia de indicar algum som que curto em cada postagem do Cotidiano Cego?

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ontem no shopping

Faaaaaaaaala galera!

como já citei aqui, o cego quando está acompanhado de alguém que enxerga é uma coisa super engraçada.

sim. Eu ia ao shopping para pegar um modem 3G.

Como um casal de amigos também estava indo ao shopping fomos juntos.
E olha. A diferenciação é tão grande mesmo num shopping que costumo frequentar e já fui sozinho várias vezes!

Então. Tava nessa luta para tentar escolher a operadora.

Ontem eu já estava definido.

Eu tinha que escolher entre as operadoras que prestavam serviço que são.

A Vivo tentando te sacanear.

Também tem a Tim.... ganei que funcionava bem e você acreditou.

Isso, já eliminando uma operadora, na qual já fui assinante...

Qual é essa?

estamos falando da "Claro que não funciona na tua casa"! kkkkkk.

E a Oi To chegando com meu sinal.... Tá chegando a mais de um ano e cadê..... De onde vem?

Exatamente... Sinal de qualquer coisa dentro da minha casa é um parto.

A vivo tentando te sacanear, até que funcionou bem.

Mas vamos falar sério.

A sacanagem nem partiu da Vivo e sim de um problema com transportadora.

Aliás, prestadores de serviço... comecem a se acostumar com o envio de contratos pela Internet para o cego saber o que está assinando, tá?

A vivo o problema que eu tive foide um pedido que fiz.

Anti-ontem a transportadora me ligou dizendo que eu precisava deixar uns documentos para a entrega, no caso cópias e que eu teria que assinar um contrato.

Fiquei meio P porque não haviam dito o que tinha que deixar mais blz.

A atendente me deu a opção de enviar o contrato por e-mail, para eu imprimir e assinar.

Legal! Putz vou saber o que eu to assinando sem ter que pedir para ninguém ler.

Só que houveram divergências, dúvidas contratuais e respondi o e-mail dizendo que não assinaria até que isso fosse acertado.

daí, me ligaram mais ou menos nesses termos:

Queremos saber se você vai assinar o contrato ou não, para liberarmso, ou barrarmos seu pedido...

Bom alguém pode então me explicar algumas coisas e acertar algumas questões do contrato que não estão especificadas aqui?

Não somos da Vivo.... Somos só a transportadora. Isso é com a Vivo... Você tem que esclarecer com eles. Mas nós temos que decidir o que fazer com seu pedido.... Bem assim...

Já que não me deram tempo para nada, a opção... Barrar né?

Fiz isso e liguei para a operadora comunicando o fato.

Me aconselharam a ir na loja, pois seria mais fácil, já sairia com o equipamento e que eu não me preocupasse pois fariam para mim a leitura do contrato e tal... Motivo pelo qual fui ao shopping resolver.

É impressionante. Eu e minha amiga entramos na loja.

Falei sobre os planos e por várias vezes se escutava pergunta do tipo:

A fatura vai no nome de quem?

Nossa... Caramba!

Se eu estou escolhendo o plano, eu perguntei os valores........ quem tava assinando o serviço?
rs.

Aí vinha outra pessoa depois... Então... Quando a senhora receber a fatura.... Daí brinquei... Opa, a fatura vai pra casa dela! Legal! se eu não pagar, sem problemas! A menina até riu. rs.

Aí o vendedor que me atendia... Aliás agradeço a atenção que me foi dada ontem pela galera da Vivo do shopping West Plaza.

Galera super legal e que me apoiou não só fazendo a habilitação da minha linha de dados, como está me apoiando na questão do cancelamento... Sim.... Nos meus problemas com a transportadora e que falaram que iam barrar meu pedido, sei lá o que fizeram, mas já tinha uma linha habilitada em meu nome, mesmo antes da assinatura do contrato e entrega do modem!

Mas felizmente, os consultores da Vivo lá da referida loja estão dando maior força.

Agora voltando ao assunto.

Parece que as pessoas na rua ou em algumas lojas, rodam 2 scripts.

Um para o cego sozinho, outro para o cego acompanhado.

Se você vai passar um cartão em uma loja, com certeza na hora de digitar a senha, mesmo que você já tenha passado ali ou que já tenha atendido outros, a máquina será sempre apontada pra quem enxerga! kkkkkkkkkkkkkk.

Depois, na lanchonete.

Aquela foi absurdo.

Eu e meu amigo fomos fazer os pedidos.

Eu o meu pedido e ele o do casal e filho...

Tranquilo...

No final, vieram, evidentemente, duas bandejas.

Pense.... Ele teria de carregar duas bandejas e eu, segurar no braço dele para que ele me guiasse.

Como ele sabe que existe um procedimento e eles costumam ajudar pessoas cegas ou com outras deficiências, pediu para a atendente:

Você pode me ajudar?

Aí ela falou... Não..... Não dá, não posso sair daqui e tal.... Alguém pode? até que apareceu uma pessoa depois se oferecendo em ajudar. Levou uma das bandejas.

Na hora eu questionei:

Po, se eu estivesse sozinho aqui, como ficava?

A... Aí eu levaria...... Po.... Meu!

Na boa... Eu acho o seguinte:

Ninguém pede ajuda atoa... rsrsrsrs.

Independente de ele estar vendo ou não, estar me guiando ou não, se ele pediu ajuda para um determinado procedimento é porque precisava né? rsrs. Independente de que se de repente fosse outra pessoa não precisasse, mas ele viu que teria dificuldade em fazer. rsrsrsrs.

Por enquanto é só galera....

Até mais.

7 comentários:

Anônimo disse...

Como ainda se podem ver coisas absurdas como estas.... Bem, mas a vida é assim! Meu amigo André, não fiques desapontado, pois aqui em Portugal, sopostamente um país que faz parte da comunidade Europeia também tem dessas coisas! E como tem.... Claro que o cego é visto de duas maneiras: o cego sendo guiado por uma pessoa que encherga, e aquele cego que segue sozinho com a sua bengala. Imagina como será visto o cego guiado pelo seu cão guia? Será que quando queremos digitar a senha para passar o cartão para fazer um pagamento em uma loja a máquina será apontada para o cão guia? Que tal treiná-lo a digitar a senha na maquininha? É bonitinho, não é? E já agora, que tal ensinar o animalzinho a assinar contratos, documentos, etc? Legal, não seria? É mesmo um mundo de loucos!

sandrinho disse...

faaaaaaala andreza, tudo na paz?
por aqui esta tudo joia.
mas me diz ai andreza, você é daqueles cegos que bebi muito?
eu tenho um amigo cego que ele sabe exatamente a hora de parar, ele vai bebendo bebendo bebendo quando ele começa a enxergar ele para.
kkkkkkkkk
abraços

André Carioca disse...

Ahahahaha. Ou ensinar o cão a ler o contrato. kkkk.

Sandro eu sou exatamente desse jeito. A diferença é que eu nem bêbado enxergo! kkkkkkk.

E o pior: Pode ser que você me veja bebendo por um bom tempo e não me veja bêbado! kkkkkk. Eu demoro muito a ficar e só fico se misturar vários tipos de bebida. kkkkk.

Ou só com cerveja, mas aí demora muito e pode não acontecer rs.

Priscila disse...

Kkkkkkkkkkkkkk...adorei o cachorro lendo o contrato...se ele conseguir ler e explicar as cláusulas eu juro que contrato ele para visitar os meus clientes...rsrsrsrsrsrsrsrsrs...
Posso até ver ele no meio de uma audiência explicando para os meus clientes algum termo de acordo!!!!!
Mas sem brincadeira...que mula...vontade de perguntar pra um animal desses...olha por um acaso tu tens o costume de pedir ajuda quando não precisa?
André...continua escrevendo o blog...tá genial!!!!!!!!
Bjos!

André Carioca disse...

Priscila acho que ele explicaria mais ou menos assim.

Estou aqui na au au au au au diência, para fazer a leitura.

Cláusula 1. A empresa não se responsabiliza por quaisquer danos referente à falhas na rede elétrica ou problemas externos, cabendo ao ao ao ao ao cliente arcar com essas eventuais despesas. kkkkk.

Priscila disse...

Bah André eu sou meio Bob!!!!!!!!!!!
Fiquei imaginando o cachorro e a cara do juiz...rsrsrsrsrsrsrsrs...cena impagável!!!!!!!!! Mas se ele fizesse isso quem sabe as pessoas entendessem melhor que um advogado humano explicando...hauhauahuahauhauhauahau...Bjos!!!!!!!

Anônimo disse...

Cara vc é demais.