O que você acha da minha ideia de indicar algum som que curto em cada postagem do Cotidiano Cego?

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

A confusão do taxi

Faaaaaaaaala galera!

Depois da balada de sábado, um amigo me convidou para assistir os jogos Corinthians e Palmeiras e Flamengo e Vasco na casa dele.

Acordei no domingo, almocei, liguei pra ele e fiquei pensando.

Acho que vou chamar um Taxi. Vai compensar...

Custo benefício né? Balada, nada absurdo e tal.

Liguei pra uma empresa de taxi a qual já sou cadastrado e já me trouxe algumas vezes bêbado pra casa, além de outras situações. rs.

Liguei.

Essa empresa cadastra alguns detalhes. No meu caso por exemplo consta no cadastro que eu sou cego e logicamente, não vou ver quando o motorista encostar o carro.

E também tem a referência do meu endereço, que é uma porta de madeira grande.

Pedi o taxi.

Dentro de 10 minutos me retornam.

Senhor, houve uma mudança no carro que vai te buscar. Aguarda que já te retorno.

5 minutos depois.

Senhor! Estamos com dificuldade de te mandar uma doblô. E eu pensando: Que porra é essa?

Tá, mas e aí?

Você acha que cabe em outro carro?

Porra vocês tão me zoando, né possível!

Pensei: Meu tão zoando. Sou gordo mas nem tanto... Tão de sacanagem!

Sim, amigo, claro! Ué, mas os próprios motoristas tão dizendo que não comporta em outro carro!

Meu eu não to entendendo! É só vocês mandarem um carro, eu vou entrar, orientar o caminho ao motorista e chegar ao meu destino! Onde tá o problema?

Então senhor: Mas é que aqui consta porta de madeira grande! Como o senhor vai fazer pra levar a porta?

kkkkkkkkk.

Eu não aguentei.

Tive que rir.

Meu eu não vou levar porta nenhuma! É só a referência do meu endereço que tem o número escondido!

Amanhã posto uma outra que eles me aprontaram uma vez.

Um comentário:

dorinha!!!!!! " A escritora." disse...

Ooi André......
Pior que a galera é desligada mesmo meu, uma referênsia se torna algo que vc vai levar.
mais a gente tem que fazer como sempre, levar na esportiva!