O que você acha da minha ideia de indicar algum som que curto em cada postagem do Cotidiano Cego?

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Lei de Murphy

Faaaaaaaaala galera!

Hoje é um dia feito especialmente para me lembrar que a lei de Murphy existe e como ela funciona!

Primeiramente, tenho crise de Sinusite que atacou de uma forma insuportável às 3 da manhã.

Procuro um remédio. Lembro que esqueci de comprar.

E eu sou mestre em só lembrar de comprar o remédio durante a crise, usar e perder o vidro logo que ela passa.

E não foi diferente! Procurei o remédio que comprei da última vez. Achei? Lógico que não. Pra variar eu perdi o vidrinho.

O jeito é procurar uma boa posiçãoa té aliviar.

Depois de muito tempo o congestionamento alivia. No entanto, celular desperta. Hora de levantar e ir trabalhar!

Não acredito.

Tá. Tomo meu banho, me arrumo, me preparo para sair de casa e... Pancada de chuva!

Bom, é esperar diminuir. Bengala e guarda-chuva não foram feitos um para o outro.

Por que isso?

bom, você segura o guarda-chuva em uma das mãos e a bengala na outra.

Uma vez fiz isso e já ficava pensando na hora de atravessar. com que mão eu seguraria no braço de quem fosse me ajudar a atravessar.

Mas mesmo assim usei.

Só que daí o guarda-chuva prendeu no galho de uma árvore. Quando fui tirar, o galho balançou e a água veio toda em cima de mim. Facilmente descobri que sem o guarda-chuva eu me molharia menos!

Então por isso eu nesse caso precisaria esperar ver se achuva diminuía. Se não eu teria que tentar um outro improviso... Capa, jaqueta de couro e boné pra proteger a roupa e a cabeça, sei lá....... é uma grande questão de raciocínio. rs.

Na quela loteria se a chuva passaria, diminuiria ou se eu teria que partir para o grandioso método "Vire-se do jeito que dá", rs, esperei.

A chuva diminui.

Saio e vou tomar café.

Na hora que estou me preparando pra pagar e sair da lanchonete, outra pancada de chuva.

Já tinha saído de casa. Não havia outra coisa a fazer.

Esperei.

15 minutos depois a chuva diminuiu.

Vou para o Metrô.

Chegando na escadda para entrar na estação vem uma moça e me segura.

Moço. Pra esquerda.

Senhora: deixa eu te explicar. Se alguém me segurar eu não consigo andar. Perco a referência.

Ela me segurava bem na cintura.

Primeiro lance de escada.... Pra esquerda.... ela me segura de novo.

Eu tá. Só que a senhora continua me segurando.

E eu sem poder andar, parado no meio do caminho, um monte de gente querendo descer e eu não podia sair porque a moça me segurava... Até que ela disse: A tá. E me soltou.

Ufa, finalmente!

Nessa altura eu com a bengala tentando me relocalizar de onde eu estava, porque minha referência a essa altura já era.

Me localizei, desci e fui na direção da catraca.

Passo e vem um funcionario me auxiliar no embarque.

chegando na plataforma... cadê o metrô? Nada!

Parado devido a um problema na estação Barra Funda.

Continuo na minha. afinal, já aprendi que nunca devo fazer aquela pergunta: O que mais pode dar errado?

Pela minha experiência de vida, todas as vezes que perguntei isso acabei obtendo resposta. Por esse motivo resolvi continuar quieto.

No entanto, a resposta veio mesmo sem eu perguntar. 15 minutos chega o metrô e, passou direto pela estação Marechal!

Provavelmente eles devido ao problema que deu devem ter feito como é no horário de pico no fim da tarde. algumas composições passam direto por certas estações.

Fui, saí da estação lotada, embarco no ônibus e na saída o cobrador se desloca e cisma que tem que me segurar na hora de eu descer os degraus do ônibus! Mas quando será que as pessoas vão conseguir entender que se segurar eu não consigo descer? Pensei eu.

vou repetir mais uma vez. se quiserem ajudar, passem na frente do cego e deixem que segurem seu braço. No caso de descida de ônibus ou saída da condução, alguns, como é o meu caso, podem preferir não segurar e ter a referência da bengala.

Venho na direção do trabalho e... chuva aperta. Ainda bem que estava perto!

E pra piorar tudo, talvez alguns vão achar que eu inventei isso tudo, já que toda vez, não sei por que eu posto aqui e o blogger fala que eu postei em um horário que dá uma diferença de pelo menos 3 horas antes da hora que eu realmente postei!

Deve ser alguma configuração que eu devo ter esquecido de mexer e não tive tempo de modificar. Afinal eu costumo digitar os posts normalmente correndo, devido à questão do tempo rs.

3 comentários:

Arthur disse...

Brother, teus textos são demais. Leio todos! Tenho também indicado aos meus contatos.

Forte abraço e confirmada a nossa gelada hoje, né?

Agora tá meio tenso aqui no trabalho, à tarde eu te ligo.

Arthur

Anônimo disse...

salve andré, devo dizer-lhe que hj cá no Rio aconteceu algo especial que apenas visualmente pode ser sentido pelo que tenho de lhe transmitir...

cara,todo mundo botou a camisa no mengao nas ruas...parecia que tínhamos ganhado(na verdade ganhamos...hehehe)...

mas, vc sabe, nos somos exigentes e nunca aceitamos uma eliminacao...

mas hj foi diferente...A garra no jogo do Chile nos encheu de alegria, pouco importando as consequencias do resultado...

eu tava na rua e o que fiz..entrei na loja de esporte e comprei mais um manto para colorir a cidade com a alegria de ser rubro-negro...

sobre sua história...gostei do texto, mas prefiriria que tivesse menos perrengue em seu cotidiano...


abs do gustavo serra

André Carioca disse...

Leeeegaaaaaaal Cara!

Isso só vem demonstrar o quanto a nossa torcida é fiel!

O importante é isso:

Lutamos até o fim, com garra, vencemos o jogo lá, só que infelizmente a classificação não veio.

Mas é lógico que não podemos esquecer o seguinte: Faltou essa mesma garra no primeiro jogo. Mas vamo que vamo! meeeeeengoooooo!